TOXINA BOTULÍNICA ("BOTOX")

     

Toxina botulinica (botox)    

A toxina botulínica ("Botox") é um dos tratamentos estéticos mais procurados e realizados em todo mundo. Esse destaque foi conquistado graças aos excelentes resultados sobre a correção das linhas de expressão.

    

A toxina botulínica atua sobre a musculatura, controlando a formação de rugas. O tratamento apresenta melhora das rugas dinâmicas (formadas pela contração da musculatura da mímica facial) e atua, preventivamente, evitando a formação das marcas de expressão.

    

Com o passar dos anos, as técnicas foram sendo aprimoradas e, hoje, os resultados da aplicação de toxina botulínica são cada vez mais naturais. Esse tratamento que antes era limitado à região superior da face, hoje pode tratar diversas outras regiões da face, pescoço e colo.

    

   

Para maiores informações, leia nosso artigo sobre Toxina Botulínica.

      


 

PERGUNTAS FREQUENTES

   

 

As informações apresentadas abaixo não substituem a realização da consulta médica, e nem têm como objetivo diagnosticar ou prescrever tratamentos. Para saber qual a melhor indicação para o seu caso, consulte o seu dermatologista.

  

  

 

Botox® é o nome comercial da primeira toxina botulínica aprovada para uso em dermatologia com fins estéticos e, por isso a toxina tornou-se popularmente conhecida por esse nome. Hoje, além do produto americano Botox®, existem outras marcas no mercado brasileiro, como o alemão Xeomin®, o francês Dysport® e o chinês Prosigne®.

   

BOTOX®    Xeomin®    Dysport®    Prosigne®
bandeira Estados Unidos   bandeira alema   bandeira francesa   bandeira chinesa
Estados Unidos   Alemanha   França   China

  

  

O termo “toxina” botulínica permaneceu como nome desse medicamento, pois deriva da toxina causadora do botulismo. Qual a diferença? Em medicina, a toxina botulínica é purificada para permanecer apenas as proteínas com a ação desejada, além disso, a dose da toxina é bastante diferente entre o medicamento e a toxina do botulismo. Em média, a dose tóxica é de 25 a 50 vezes maior que a dose usada nos tratamentos dermatológicos estéticos.

  

    

Após a aplicação da toxina botulínica, ela liga-se aos neurônios no local da aplicação e impede a liberação de moléculas transmissoras responsáveis por estimular a contração muscular local. Assim, causa o relaxamento da musculatura e impede a formação de rugas dinâmicas, ou seja, aquelas causadas pela contração exagerada da musculatura facial.

    

  

Rugas estáticas são aquelas que são aparentes mesmo durante o repouso da musculatura facial, rugas dinâmicas são formadas durante a expressão facial.

   

  

Para esse tipo de ruga, estão indicados tratamentos como Preenchimento, Volumerizadores, Laser, Peelings, ou até mesmo, cirurgia.

  

 

A toxina botulínica não é indicada para:

  

  • Pacientes que apresentem hipersensibilidade aos componentes da fórmula;
  • No caso de infecção no local da aplicação;
  • Em caso de doenças neuromusculares como, miastenia gravis, esclerose lateral amiotrófica, entre outras;
  • Gravidez;
  • Pacientes menores que 2 anos (obs: O uso em crianças foi avaliado e indicado em pacientes com paralisia cerebral e hipertonia, não sendo recomendado o uso para fins estéticos em menores de 18 anos).

   

   

Na área de Dermatologia, a toxina botulínica é usada para:

 

  • Tratamento de linhas ou rugas faciais dinâmicas, ou seja, causadas pela contração muscular;
  • Redefinição do contorno da mandíbula;
  • Afinamento da face em caso de hipertrofia do masseter. Nesse caso, além de melhora do contorno, há melhora do bruxismo;
  • Correção de sorriso gengival;
  • Para modelar a forma e a posição das sobrancelhas;
  • Elevar a ponta do nariz;
  • Rejuvenescimento do pescoço (tratamento do chamado “pescoço de peru”);
  • Melhora das linhas do colo;
  • Tratamento de hiperidrose (sudorese excessiva) em palmas das mãos, plantas dos pés e axilas.

  

Na área de Neurologia, a toxina botulínica é usada para:

    

  • Tratamento de distonia cervical, espasmo (contrações musculares involuntárias) hemifacial ou outros espasmos musculares;
  • Para prevenir crises de enxaqueca ou migrânea.

   

A toxina botulínica também apresenta outras aplicações em oftalmologia, urologia e odontologia.

   

  

No terço superior da face, são tratados os “pés de galinha”, rugas da testa e entre as sobrancelhas.

No terço médio da face, são tratadas as rugas formadas por prolongamento dos “pés de galinha”, correção de sorriso gengival e elevação da ponta do nariz.

No terço inferior da face, são melhorados o contorno da face, correção da boca caída e “celulite” do queixo.

  

  

A toxina botulínica pode ser aplicado a partir de 2 anos de idade em hipertonias secundárias a paralisia cerebral.

Em distonias como estrabismos e blefaroespasmo, é indicado a partir de 12 anos.

No caso de finalidade estética, recomenda-se aplicação em maiores de 18 anos.

  

  

Não. Cada vez mais a técnica de aplicação da toxina botulínica tem sido aprimorada para corrigir os excessos da contração muscular, prevenindo as rugas, porém sem travar a musculatura, evitando o “ar congelando” da expressão facial. Assim, uma das principais vantagens da toxina botulínica é a naturalidade do tratamento.

  

   

O tratamento consiste na aplicação do medicamento na pele sobre a musculatura causadora da ruga. A injeção do produto é feita por agulha bastante fina, de maneira que é a dor é bastante tolerável e ainda pode ser aliviada pela aplicação de gelo.

  

O tratamento, apesar de aparentemente simples, exige conhecimento profundo da anatomia facial, conhecendo bem os músculos, a posição dos nervos e vasos sanguíneos importantes. Assim, há obtenção dos resultados esperados e prevenção de efeitos adversos como paralisia de músculos importantes.

  

Por isso o tratamento deve ser realizado por médico especialista, com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do estado, nas áreas de Dermatologia ou Cirurgia Plástica.

   

 

Conselho Regional de Medicina

Acesse esse link do CRM e verifique o registro do profissional responsável pela aplicação.

   

  

O tempo médio de aplicação é de apenas alguns minutos. Não sendo necessário repouso após o tratamento.

  

  

A duração dos efeitos é bastante variável de acordo com o metabolismo e hábitos de cada pessoa. Quanto mais forte for o hábito de expressões faciais, menor será o tempo de duração. Em geral, a durabilidade do efeito aumenta com aplicações sucessivas ao longo do tempo. Geralmente, o efeito dura em torno de quatro a seis meses.

  

   

A duração da melhora da hiperidrose axilar também é bastante variável, em média, tem duração de 7,5 meses, entretanto, há pessoas que permanecem acima de 12 meses com efeito mantido.

   

  

A toxina botulínica apresenta efeito preventivo de rugas por diminuir a força do músculo responsável por causá-la, além de reduzir o hábito da expressão facial exagerada que leva à formação das rugas. Assim, a melhora causada pela toxina botulínica é progressiva e o dia que quiser parar não ocorre piora das rugas.

  

  

Não, de maneira alguma. Entretanto, os resultados são tão bons que geralmente as pessoas tendem a querer aplicar novamente para manter o efeito.

   

    

Logo após, na primeira hora, os pontos onde foram aplicados podem apresentar um leve avermelhamento e edema, ambos de curta duração. A seguir, torna-se quase imperceptível a área aplicada. Outro efeito que pode ocorrer, é a formação de hematoma (“roxo”), que na maior parte das vezes não acontece. Entretanto, quando acontece, geralmente desaparece em poucos dias.

   

Além desses, nos primeiros dias, pessoas com fortes hábitos de expressão facial podem sentir dor de cabeça ou sensação de peso muscular.

   

  

 Sim. Não há contraindicação a maquiagem ou cremes. Recomenda-se apenas não massagear a área de aplicação nas primeiras 24h, devendo aplicá-los com delicadeza durante esse período.

   

   

Nas primeiras 4 horas, recomenda-se manter a cabeça elevada, evitando deitar ou deixar a cabeça baixa por longo tempo.

 

Nas primeiras 24 horas, recomenda-se não ingerir bebida alcoólica, evitar atividades físicas extensas e que desencadeiem fortes expressões faciais.

 

Além destas recomendações, deve-se dormir de barriga para cima, não massagear a área tratada e evitar expressões faciais fortes. Se houver algum hematoma, recomenda-se gelo três vezes ao dia nos primeiros dois dias e evitar exposição ao sol sem proteção até a resolução deste.

   

   

Não é necessário repouso, podendo inclusive ser realizado em intervalo do trabalho.

    

   

Recomenda-se o uso de proteção solar diariamente, independente da aplicação de toxina botulínica. A indicação de reforço à proteção solar ocorre se houver surgimento de hematoma, evitando assim, o surgimento de quaisquer “manchinhas”.

   

  

Sim. A longo prazo, ocorre diminuição do hábito de expressão facial responsável pela ruga, além de diminuição da força do músculo responsável pela mesma. Assim, a tendência é que os resultados durem cada vez mais e sejam cada vez melhores.

  

  

Desde que não sejam realizados na mesma região, pode ser combinado a outros procedimentos. Uma dupla bastante realizada é a toxina botulínica junto com preenchimento, assim é possível tratar, em um só dia, rugas dinâmicas e estáticas.

  

  

Os primeiros efeitos são sentidos em torno de 24 a 48 horas, havendo melhora progressiva até duas a três semanas. Quando então, será o efeito que permanecerá alguns meses.

  

 

  

A aplicação é feita em um dia só. Geralmente é feito um retorno entre duas e três semanas para avaliação do efeito. Nesse retorno, caso seja necessário, pode ser feito algum complemento da aplicação.

  

  

A dor causada pela aplicação é bastante tolerável, não sendo necessária a aplicação de anestesia. Pessoas com menor tolerância à dor podem tê-la aliviada pela aplicação de gelo ou anestésico local aplicado 1 hora antes.

   

   

Recomenda-se que o intervalo entre as aplicações não seja menor que 4 meses, para evitar sensibilização ao medicamento e garantir manutenção dos resultados a longo prazo. Geralmente, as aplicações são realizadas a cada 5 ou 6 meses.

 

 
   
   
   
Tópicos relacionados:
 
    

Para maiores informações sobre tratamentos, entre em contato conosco pelos telefones (31) 3214-1003 / (31) 9414-3000, ou pelo email: contato@clinicaskin.com.

 

Siga-nos no Facebook!